Chipre

IMG_7049

 

O Chipre é um país diverso, a meio caminho entre a Europa e a Ásia, um país ideal para férias. Com um clima cálido, o Chipre, que foi o berço de Afrodite, surpreende pelas paisagens intocadas do seu interior e pela generosidade desarmante das suas gentes.

O Chipre é a maior ilha do Mediterrâneo Oriental, estando situada a Sul da Turquia. As duas principais regiões montanhosas (Carpas a norte e Trogodos na parte central e a sudoeste da ilha) estão separadas pela planície fértil de Mesoreia.

Foi desde tempos remotos uma zona de passagem entre a Europa, a Ásia e África, existindo ainda hoje inúmeros vestígios de sucessivas civilizações (vilas e teatros romanos, igrejas e mosteiros bizantinos, castelos do tempo dos cruzados e testemunhos de habitat pré-históricos).

As principais atividades econômicas são o turismo, a exportação de vestuário e de artesanato e a marinha mercante. Bordados, cerâmica e trabalhos em cobre são as principais especialidades do artesanato tradicional.

As especialidades gastronômicas locais são os tradicionais mezze, uma série de petiscos servidos como prato principal, o queijo halloumi e a aguardente zivania.

Após a ocupação da parte Norte da ilha pela Turquia em 1974, as comunidades cipriotas, grega e turca ficaram separadas pela denominada Linha Verde. A zona grega aderiu à União Europeia, mas o país continua dividido por essa “linha”, patrulhada por tropas turcas e gregas e por soldados da ONU. É possível cruzar a fronteira, ou a “green line”, mas apenas da República do Chipre para a zona ocupada e apenas por um dia.

Chipre é também conhecida como a Ilha de Afrodite, a deusa do amor e da beleza, que, segundo reza a lenda, aí terá nascido. No domínio da cultura, destacam-se, na literatura moderna, o poeta e escritor Costas Montis e o escritor Demetris Th. Gotsis e, na música, os compositores Evagoras Karageorgis e Marios Tokas.

Atrações a não perder!

O Chipre oferece muitíssimas atrações turísticas de praia e arqueológicas, sendo estas últimas localizadas em Curium e os Colossos, cujas termas e mosaicos, quase inteiramente recuperados, são o destaque da ilha que está ligada ao culto e ao mito de Afrodite. Tem um grande fluxo de turistas durante o verão, quando o calor e sol são fortíssimos. A noite também é bastante agitada com vários bares, com ares típicos de “pubs”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s