Malta

Malta – uma ilha exuberante!IMG_0932

Pequena, surpreendente e deliciosa: assim é Malta. Essa ilha mediterrânea geralmente não está no topo da lista dos viajantes, mas quem procura temperaturas agradáveis, belas paisagens, história, cultura e mar azul deveria considerar visitar o destino.

A distância de 90 km da Sicília e 290 km do norte da África faz com que o clima em Malta seja delicioso. O verão é quente, se estende de maio a outubro, e o inverno não é rigoroso. De dezembro a fevereiro as temperaturas são agradáveis e oscilam entre 15°C e 20°C.

Apesar de ser pequena, com 400 mil habitantes e uma área de cerca de 240 km², Malta tem muitos atrativos. O país é formado por três ilhas (Malta, Gozo e a quase desabitada Comino) e tem muita história. Não sem razão, o território passou pelas mãos de civilizações tão diferentes como fenícios, romanos, árabes, entre muitas outras. Os últimos foram os britânicos que ficaram lá por cerca de 150 anos. Além do seu legado no idioma, eles também deixaram suas marcas no trânsito. Em Malta todos dirigem pela esquerda, como no Reino Unido.

Outro aspecto curioso é o idioma, que à primeira vista soa raro aos ouvidos. O maltês deriva de dialetos árabes e teve forte influência inglesa e italiana. Mas não se assuste com isso, porque ali o inglês também é língua oficial e quase todo mundo o fala fluentemente, além do italiano, que também é muito falado no país.

Ao chegar na ilha e fácil perceber que o turismo é a principal fonte de renda dessa pequena nação. Quem visita o local pode escolher diversos tipos de acomodação: desde modestos albergues, hotéis de três e quatro estrelas, até diversos resorts e luxuosos hotéis de cinco estrelas. Além disso, por enquanto, os preços das acomodações e alimentação são bastante acessíveis e mais em conta do que em outros países vizinhos.

Capital
Com apenas seis mil habitantes, 12 ruas paralelas e sete perpendiculares, Valletta é a capital do país e também o coração comercial da ilha. A cidade fortificada é uma das menores capitais da Europa. A pequena cidade reúne uma catedral, alguns museus interessantes, centenas de lojas e uma vista imperdível a partir do Jardim Barraka. Dali é possível avistar fortalezas, bastiões e o principal porto do país. Não é à toa que a cidade foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Outro lugar de destaque em Malta é a pitoresca Mdina, também conhecida como “cidade do silêncio”. Um passeio pelas estreitas ruas desse pequeno local que tem apenas 300 habitantes é altamente recomendável. Entre lojas de suvenir e estreitas ruas medievais, o viajante pode passear tranquilamente até chegar ao fim da cidade, onde vai encontrar um descampado com uma interessante vista panorâmica da região.

Já na parte sul da ilha, pequenos barcos dão um colorido especial a Marsaxlokk, uma pequena vila de pescadores. Com vários restaurantes em frente a uma baía, o lugar é famoso por oferecer um cardápio variado de peixe fresco e um ambiente relaxante. Outro atrativo é o animado mercado que aos domingos dá as boas-vindas aos visitantes desse pitoresco local.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s